5 de setembro de 2013

Programa Economia e Negócios #5 - O papo é sobre Empreendedorismo

Confira o programa na íntegra

É só clicar


Dá seus pulos, sempre empreendendo !!!

abs

MF

5 comentários:

Luiz Henrique Machado disse...

Corroborando com essa argumentação acerca da importância do empresário inovador, Schumpeter (apud COSTA, 2006) também enfatiza que o mesmo precisa receber amplo apoio financeiro, devendo-se deslocar recursos, na figura de capital de risco, para que possa colocar em prática suas idéias inovadoras. Nesse sentido, mostra-se contrário ao crédito para consumo, entendendo que o locus das inovações é a empresa e não o consumidor. Segundo Szmrecsányi (2006) nesta obra Schumpeter argumenta que as inovações “radicais” engendram rupturas mais intensas, enquanto as inovações “incrementais” dão continuidade ao processo de mudança em curso, caracterizando as inovações promovidas pelo empresário inovador da seguinte forma : i) introdução de um novo bem, ii) introdução de um novo método de produção, iii) abertura de um novo mercado, iv) conquista de uma nova fonte de matéria-prima ou de bens intermediários, e v) uma nova estruturação/organização do setor (posição de monopólio).

Capitalismo, socialismo e democracia
Szmrecsányi (2006) afirma que Schumpeter, ao abordar o destino do capitalismo, diverge dos pensamentos marxistas ao defender a importância do empreendedor inovador que, via de regra, surge na iniciativa privada, e ao destacar que uma eventual (e talvez inevitável) transformação do capitalismo para o socialismo não ocorrerá pela luta de classes, mas sim por outros três fatores:

• da dinâmica concorrencial (o movimento de concentração de empresas pode destruir a sustentação política do capitalismo);
• uma crescente hostilidade intelectual (formadores de opinião);
• da principal virtude do capitalismo, que é a destruição criadora (sistemática destruição das antigas estruturas e sua substituição por novas) cuja explicação está nas inovações transformadoras (dinamismo e rompimento com as estabilidades), capaz de anular o sentido da classe burguesa.


(...)

Implicações para os negócios
O principal legado de Schumpeter foi: i) a forma dinâmica e interdisciplinar utilizada para compreender e explicar os ciclos de desenvolvimento econômico, ii) o papel das inovações na competição empresarial e, consequentemente, nesses ciclos, iii) a inserção do empreendedor (que Schumpeter denomina empresário inovador ) como agente principal do processo de inovação.


Carlos Mamori Kono – Mestrando
Fabio Morganti – Doutorando
Luiz Henrique Mourão Machado – Mestrando
Marco Antonio Sampaio de Jesus - Doutorando


FUNDAMENTOS DA INOVAÇÃO E O PENSAMENTO SCHUMPETERIANO:
Estratégias Tecnológicas e Possíveis Implicações para os Negócios

Carol disse...

Boa tarde Fagnelo, adorei sua apostila de administração estratégica, utilizei-a no meu tcc, e tenho que referenciá-la, preciso do primeiro nome do segundo autor, Machado. Agradeço pela contribuição.
Carolina

Mauricio Faganelo disse...

Olá Carol
O Machado é o Luiz Henrique Mourão Machado.

Emilio Morales disse...

Durante operações comerciais muitas vezes e necessário que os participantes estem sujeitos a diligencia debida como é importante ter uma compreensão clara de todos os ativos e passivos existentes e potenciais da empresa antes de entrar em um relacionamento comercial com esse negócio. As partes a agir com a devida diligência deve estar dispostos a rever uma grande quantidade de documentos corporativos de qualidade confidencial. A fim de evitar fraudes e incidentes que poderiam afetar o futuro de seu negócio e o bem-estar de seus acionistas será melhor usar o servicio de sala de datos iDeals para a gestão destes documentos de forma segura.

WUGI disse...

I was pleased with the game in this casino I will continue to play constructive internet blackjack therefore, I advise you and you will not regret